MMA, UFC, opinião, notícias, artes marciais, vídeos, lutas e fotos

Fatos e ficções sobre Chris Weidman

texto original de , do Yahoo esportes:

425925-chris-weidman

No próximo sábado, as atenções do mundo do MMA estarão concentradas em Anderson Silva e Chris Weidman, que protagonizam o UFC 162, em duelo que vale o cinturão dos pesos médios, pertencente ao brasileiro. E, como toda luta cercada de tanta expectativa, muita coisa é falada. Algumas verdades, mas, também, exageros e, até mesmo, mentiras. Diante disso, fiz uma análise de tudo que se diz sobreChris Weidman, como já havia feito com Chael Sonnen em outro post. Dá só uma olhada:

Chris Weidman é o azarão – Fato. Contra esse argumento, não há o que discutir. Anderson é o melhor de todos os tempos. Só no UFC, são 16 lutas e 16 vitórias. Weidman só tem nove lutas EM TODA a carreira. Anderson tem mais ferramentas para vencer não só Weidman, mas qualquer outro peso-médio do UFC.

Chris Weidman é o melhor desafiante que Anderson já teve – Ficção. O Rich Franklin que enfrentou Anderson era melhor que o atual Weidman. Dan Henderson idem. Vitor Belfort também. Embora seja muito bom, Weidman ainda não é tudo que pode se tornar.

Chris Weidman é um desafio complicado para Anderson – Fato. Talvez, Weidman seja mais complicado até mesmo do que os três adversários citados acima. Tudo pela questão do encaixe dos jogos. Weidman é excelente wrestler e pode agir exatamente em cima daquilo que Anderson precisa trabalhar, que é sua defesa de quedas. Além disso, o “All-American” seria muito mais contundente que Chael Sonnen caso conseguisse colocar o Spider com as costas no chão. Seu boxe, embora não chegue perto do nível do brasileiro, é decente. Seu jiu-jitsu é de alto nível, tanto ofensivamente quanto defensivamente. Com a estratégia certa e uma dose de sorte, Weidman pode, sim, complicar a vida de Anderson.

Weidman: azarão, mas nem tanto assim.

Chris Weidman não merecia a chance de enfrentar Anderson Silva – Ficção. Pense em possíveis adversários para Anderson Silva até março, quando a luta com Weidman foi anunciada. Michael Bisping? Nocauteado por Vitor Belfort. Rashad Evans (em uma cogitada descida de peso)? Havia sido surpreendido por Rogério Minotouro. Tim Boetsch? Derrota por Costa Philippou. Vitor Belfort? Havia acabado de ter sua primeira vitória de grande expressão após perder para Anderson. No fim, Weidman, com suas cinco vitórias consecutivas, acabou sendo a opção mais sensata. Talvez Luke Rockhold seria uma outra opção razoável. Mas, definitivamente, não dá para condenar o UFC.

Chris Weidman sentirá falta de Matt Serra em seu corner – Fato. – Matt Serra é um dos principais membros da equipe de Weidman e um dos principais motivadores do pupilo de Ray Longo. Além disso, Serra seria muito importante na orientação do “All-American” ao longo da luta, principalmente no chão, caso fosse necessário. E, claro, Matt Serra é uma grande inspiração para Weidman, já que foi uma das maiores zebras da história do UFC, ao vencer Georges Saint-Pierre.

Curta a minha página no Facebook e fique por dentro de tudo que rola no blog
Me siga no Twitter

Chris Weidman já provou ter “queixo” para Anderson – Ficção. Nunca em sua carreira o americano teve seu queixo realmente testado. Nas três lutas no UFC em que nocauteou ou finalizou, ele absorveu, no total, sete golpes. Nos outros duelos, contra Demian Maia e Alessio Sakara, nenhum golpe mais potente entrou. Contra Anderson Silva, veremos pela primeira vez o quanto – e se – Chris Weidman aguenta pancada.

Chris Weidman terá torcida até mesmo no Brasil – Fato. Esbanjando simpatia em sua visita ao Brasil, em outubro, Weidman conquistou muitos fãs. Inclusive, ele tem um fã-clube no Twitter (@TeamWeidmanBR). Além disso, há aqueles que tem antipatia por Anderson Silva. Sendo assim, haverá uma corrente a favor do americano por aqui, mesmo que pequena.

Chris Weidman sentirá a pressão na hora da verdade – Ficção. Weidman vem se mostrando um lutador bem tranquilo, mesmo diante de adversários mais renomados. Raramente toma decisões precipitadas e busca seguir a estratégia montada por sua equipe. Além disso, como o próprio Anderson Silva já disse, “luta é luta”. Quando as portas do octógono se fecham, a história é completamente diferente.

Chris Weidman tem tudo para, um dia, ser campeão dos pesos médios – Fato. Exceto diante de Anderson Silva e, talvez, de Vitor Belfort, Weidman entraria com boas chances de vencer qualquer outro peso médio. No dia em que Anderson Silva e Belfort saírem de cena, vejo Weidman, Ronaldo Jacaré e Luke Rockhold como os nomes a serem batidos.

Dana White mentiu quando disse que muitos lutadores acreditam na vitória de Weidman – Ficção. Não, não é só Georges Saint-Pierre que aposta no desafiante. Muita gente boa, incluindo estrelas como Frankie Edgar e Urijah Faber, acredita no “All-American”. É só dar uma olhada no slideshow com as apostas de alguns lutadores e conferir.

E você, que opinião tem sobre Chris Weidman? Deixe seu comentário!

Uma resposta

  1. excelente post!

    07/03/2014 às 4:15

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s