MMA, UFC, opinião, notícias, artes marciais, vídeos, lutas e fotos

‘Bendo’ vence Melendez, pede a namorada em casamento; Wolverine é nocauteado

SAN JOSE, CA - APRIL 20:   Benson Henderson (left) is declared the winner over Gilbert Melendez (right) in their lightweight championship bout during the UFC on FOX event at the HP Pavilion on April 20, 2013 in San Jose, California.  (Photo by Ezra Shaw/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images)  *** Local Caption *** Benson Henderson; Gilbert Melendez

(Photo by Ezra Shaw/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images)

Gilbert Melendez chegou perto de fazer história, ao se tornar o primeiro campeão do Strikeforce ao unificar títulos com o UFC. Porém, seu sonho foi por água abaixo ao Bruce Buffer anunciar Ben Henderson como vitorioso na decisão dividida dos juízes, após equilibrada disputa de 25 minutos no UFC on FOX 7, realizado na noite deste sábado (20).

Melendez foi melhor nos dois assaltos iniciais, enquanto Henderson equilibrou as ações nos dois assaltos seguintes. O cinturão ficaria nas mãos de quem vencesse o último assalto e, para os jurados, o prêmio deveria permanecer nas mãos de ‘Bendo’.

Emocionado com a terceira defesa de cinturão no octógono mais famoso do mundo, Henderson “roubou” o microfone de Joe Rogan para pedir a mão da namorada em casamento. O gesto não comoveu a platéia a Califórnia, que torcia fervorosamente para o “local” Melendez.

Com o revés, Melendez se tornou o quarto pupilo de Cesar Gracie a perder em disputa de título no UFC (Jake Shields, Nick Diaz e Nate Diaz foram os outros). Henderson aguarda novo desafiante ao cinturão, e, a julgar pelo equilíbrio da luta, o oponente pode ser novamente Melendez.

Wolverine cai no primeiro round

SAN JOSE, CA - APRIL 20:   (R-L) T.J. Dillashaw punches Hugo Viana in their bantamweight bout during the UFC on FOX event at the HP Pavilion on April 20, 2013 in San Jose, California.  (Photo by Ezra Shaw/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images)  *** Local Caption *** T.J. Dillashaw; Hugo Viana

(Photo by Ezra Shaw/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images)

Único brasileiro presente no card, o brasileiro Hugo Wolverine não resistiu. Até então invicto no MMA, o ex-lutador do TUF Brasil, pupilo de Luis Dórea e companheiro de treinos de Junior Cigano, teve o adversário trocado a menos de um mês do evento, com o duríssimo TJ Dillashaw substituindo Francisco Rivera.

Logo nos primeiros minutos, Dillashaw impôs seu ritmo e, com excelente combinação de socos em pé, derrubou Wolverine diversas vezes, forçando a interrupção do árbitro e conquistando o triunfo por nocaute técnico.

Foi a primeira derrota do brasileiro no MMA, uma vez que o revés por pontos para Rony Jason, durante o TUF, não contra no cartel profissional dos atletas.

Cormier estreia com vitória na jaula

Daniel Cormier, ex-detentor do título dos pesados do Strikeforce, estreou com o pé direito na jaula de oito lados do Ultimate. Sua luta não foi o primor da emoção, mas o companheiro de treinos de Cain Velasquez fez o necessário para bater o faixa-preta Frank Mir por pontos, se consolidando na organização. Resta decidir se fica entre os pesados ou se desce em caçada a Jon Jones, campeão dos meio-pesados.

Ex-rival de José Aldo enfileira mais um

SAN JOSE, CA - APRIL 20:   Chad Mendes reacts to his victory over Darren Elkins in their featherweight bout during the UFC on FOX event at the HP Pavilion on April 20, 2013 in San Jose, California.  (Photo by Ezra Shaw/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images)  *** Local Caption *** Chad Mendes; Darren Elkins

(Photo by Ezra Shaw/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images)

Chad Mendes, que caiu diante de José Aldo no UFC Rio 2, em janeiro de 2012, atropelou mais um duro adversário no octógono. Determinado a ter outra chance pelo título, o norte-americano precisou de apenas 68 segundos para derrubar Darren Elkins por nocaute técnico. Após a vitória, ele pediu uma nova oportunidade ao cinturão, contra o vencedor de José Aldo x Anthony Pettis, marcado para o UFC Rio 4, no dia 3 de agosto.

Retornando ao UFC após quase 10 anos, Josh Thomson impressionou contra o experiente Nate Diaz. Com os chutes afiados, o ex-atleta do Strikeforce nocauteou o rival após conectar quatros chutes altos, castigando no ground and pound. A equipe de Diaz jogou a toalha assim que o árbitro já encaminhava para interromper a peleja, no segundo assalto.

O card preliminar contou com vários nocautes, transformando este card no melhor do ano até o momento. Joseph Benavidez, que mira nova chance ao título dos moscas, atropelou Darren Uyenoyama no segundo assalto. Nas lutas anteriores, Anthony Njokuani e Yoel Romero nocautearam seus rivais de forma primorosa. Confira abaixo os resultados completos do show:

UFC on FOX 7
Califórnia, Estados Unidos
Sábado, 20 de abril de 2013

Ben Henderson derrotou Gilbert Melendez na decisão dividida dos juízes
Daniel Cormier derrotou Frank Mir na decisão unânime dos juízes
Josh Thomson derrotou Nate Diaz por nocaute técnico no 2R
Matt Brown derrotou Jordan Mein por nocaute técnico no 2R
Chad Mendes derrotou Darren Elkins por nocaute técnico no 1R
Francis Carmont derrotou Lorenz Larkin na decisão unânime dos juízes
Myles Jury nocauteou Ramsey Nijem no 2R
Joseph Benavidez derrotou Darren Uyenoyama por nocaute técnico no 2R
Jorge Masvidal derrotou Tim Means na decisão unânime dos juízes
TJ Dillashaw derrotou Hugo Wolverine por nocaute técnico no 1R
Anthony Njokuani nocauteou Roger Bowling no 2R
Yoel Romero nocauteou Clifford Starks no 1R

via Tatame

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s