MMA, UFC, opinião, notícias, artes marciais, vídeos, lutas e fotos

Resultados UFC 152 : Jon Jones mantem a cinta e poem a prova seu Jiu-jítsu contra Vitor Belfort

Os Resultados do UFC 152 não foram muito diferentes daqueles que estávamos esperando, mas vimos grandes exibições do MMA.

Infelizmente Vitor Belfort não conseguiu segurar o monstro Jon Jones e pegar a cinta dos Meio-Pesados. Foi uma luta dura para os dois lados, Jones mostrou grande habilidade, como em quase todas as lutas ele  não recuou e predominou nos rounds.

Ainda não CURTIU a pagina do Monster MMA no facebook? Bora dar uma ajuda se você curte nossas matérias!

A luta em si foi muito boa, vimos Jones por em ação seu poderoso ground and Pound e Vitor Belfort mostrando que definitivamente é um faixa preta de Jiu-jítsu mesmo perdendo na arte suave.

No primeiro round o americano encurralou o brasileiro na grade, e Vitor conseguiu encaixar uma chave de braço, mas o campeão conseguiu aguentar a pressão e se livrar da finalização. O resto do round seguiu com Jones desferindo cotoveladas em Belfort no chão e então abrindo um corte.

O segundo round foi parecido com o primeiro,sendo no começo com Jones encurralado Belfort e chutando suas pernas ,visando os joelhos do brasileiro,Belfort com um erro tático tentou levar a luta para o chão, aproveitando isso, Jones desferiu cotovelas assassinas no chão.

O terceiro round seguiu desse mesmo jeito,com Jones pressionando o brasileiro no chão até o fim do round.

O quarto round começou com Jones dominando o centro do octógono, encurtando a distância e derrubando o brasileiro para, logo em seguida, aplicar uma americana e encerrar o combate por finalização.

Havia muitas duvidas sobre o Jiu de Jones, mas hoje foi provado, que realmente, ele sabe como finalizar e também como sair de uma finalização.

 –Olha, (o Vitor) me pegou de um jeito que eu nunca senti, mas eu trabalhei duro demais para essa luta. Achei que ele ia quebrar o meu braço, nunca senti nada assim antes. Depois, senti que o braço estava adormecido, mas o meu cérebro me mandava socar, e foi o que eu fiz. Não costumo lutar contra canhotos, e tenho de trabalhar muito para uma situação como essa. Agora me sinto bem, tenho grandes pessoas na minha vida, como minha mãe, que me ensinou a enfrentar as adversidades – disse Jon Jones, após a luta.

– Eu estava sentindo que o braço dele estava quebrando, mas ele é duro. Eu não tive tanto tempo para me preparar, e ele me pegou na costela. Tentei trabalhar o jiu-jítsu, mas ele se defendeu bem. É por isso que é o campeão. Achei que ia ganhar hoje, mas eu o respeito como o campeão que é. Obrigado aos brasileiros pela torcida, ao UFC e a todos que me apoiaram – disse Vitor Belfort.

Outros Resultados UFC 152

Demetrious Johnson venceu Joseph Benavidez por decisão dividida dos juízes

Michael Bisping venceu Brian Stann por decisão unânime dos juízes

Matt Hammil venceu Roger Hollet por decisão unânime dos juízes

Cub Swanson venceu Charles “do Bronx” Oliveira por nocaute a 2m40s do primeiro round

Vinny Magalhães venceu Igor Pokrajac por finalização a 1m14s do segundo round

T.J. Grant venceu Evan Dunham por decisão unânime dos juízes

Sean Pierson venceu Lance Benoist por decisão unânime dos juízes

Marcus Brimage venceu Jimy Hettes por decisão unânime dos juízes

Seth Baczynski venceu Simeon Thoresen por nocaute a 4m10s do primeiro round

Mitch Gagnon venceu Walel Watson por finalização a 1m09s do primeiro round

Kyle Noke venceu Charlie Brenneman por nocaute técnico a 45s do primeiro round

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s