MMA, UFC, opinião, notícias, artes marciais, vídeos, lutas e fotos

Honra de Lutador

Finalmente o card do UFC 153 está fechado. Depois de MUITA confusão, parece que as coisas estão entrando nos eixos de novo. Depois de Hendo, José Aldo, Rampage, entre outros se lesionarem, depois de desistências e cancelamentos, iremos ter o prazer de ver Anderson Silva e Minotauro representarem mais uma vez o poder do MMA brasileiro. Mas todos esses deslises levantam a seguinte questão: Será que Dana White está gerenciando bem seus lutadores? Já está mais do que confirmado que Dana White é um ótimo empresário, salvou a casa da falência e realizou o sucesso que é hoje o UFC. Porém, será que o modo como está conduzindo seus lutadores está certo? É claro, algumas lesões são inevitáveis, contudo um controle melhor de atletas que estão prestes a lutar seria mal? Em outros esportes como o basquete da NBA e o futebol brasileiro, os atletas simplesmente NÃO podem se machucar, existem muitas coisas em jogo para se arriscar caindo de moto, por exemplo.

Além disso, o fato que vem colocando fogo nas maiores discussões sobre MMA é o poder de escolha, dos campeões das categorias, sobre quem serão seus adversários. OK quando se trata de um peso diferente, concordo que deve-se pensar duas vezes em aceitar um desafio e concordo, também, que existem carreiras e reputações em jogo. Mas ficar armando marmelada não dá! Um campeão de verdade deve defender a honra de ser campeão, deve lutar contra todos que o desafiem pelo cinturão, desde que atendam os pré-requisitos para lutarem na categoria, de acordo com as regras. Ganhar um cinturão não faz de Anderson Silva ou qualquer outro lutador, dono do mesmo. Os lutadores não deveriam ter o direito de escolher com quem lutam, pois não são “mais especiais” que qualquer outro lá. Todos deveriam ter o direito de lutar pelo cinturão. e Dana White erra quando não percebe esse fato.

Anderson Silva é covarde? Não, ele só está se aproveitando da inexistência dessa regra, certo ele. Esperemos que por pouco tempo.

Uma resposta

  1. João Pedro Corrêa

    Um fato interessante é que na Europa alguns clubes NÃO permitem que os seus jogadores andem de moto, mesmo durante as ferias, por mais fanaticos pelo veiculo sejam os jogadores.

    14/09/2012 às 19:30

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s