MMA, UFC, opinião, notícias, artes marciais, vídeos, lutas e fotos

Cain Velasquez nega lesão e espera por luta com Junior Cigano para conseguir vingança

Se depender de Cain Velasquez, a próxima disputa de cinturão do peso-pesado não vai demorar. O americano concedeu uma entrevista ao programa “Inside MMA” nesta terça-feira e desmentiu que esteja lesionado. O presidente do UFC, Dana White, já declarou que ele será o próximo desafiante do cinturão de Junior Cigano, mas o anúncio da data e do local está demorando na visão de Velasquez.

– Estou apenas começando a ficar pronto e esperando por uma data. Nós realmente não sabemos o que está acontecendo. A especulação de que eu estava machucado… tenho um raio-x para mostrar às pessoas que não estou. Há especulações de que ele está machucado, talvez. Não sabemos o que está acontecendo. Estou ficando pronto e esperando por uma data para eu e ele lutarmos – disse o americano.

Cain Velasquez era o campeão da categoria até perder para o próprio Junior Cigano em novembro do ano passado. A luta durou apenas 1m04s, e o brasileiro venceu por nocaute. O americano admite que ainda não digeriu muito bem o revés.

– Isso (a derrota) está sempre tocando na minha cabeça. Ele (Cigano) foi o único cara que me derrotou, e eu quero voltar lá e vingar isso. Basta saber o que você fez de errado, quero dizer, eu definitivamente olho para trás, para a luta. Só tenho que aprender com ela e seguir em frente. A única coisa de diferente em relação à última luta e a próxima é que desta vez realmente vou atacá-lo e lutar com ele. Não fiz isso da última vez. Não fiz o que eu deveria fazer e paguei por isso. Não vou cometer o erro novamente – declarou.

Velasquez também falou sobre os boatos de uma possível mudança de planos do UFC para que Cigano mude de adversário e enfrente Alistair Overeem em sua próxima luta.

(Fonte: sportv.globo.com )

– Se eles estão esperando por essa luta (Cigano x Overeem), ela só pode ser realizada em dezembro. Eu estou pronto agora – comentou.

Overeem só pode lutar a partir de 31 de dezembro. O inglês naturalizado holandês foi flagrado em exame antidoping surpresa antes do UFC 146, quando enfrentaria o brasileiro, e foi suspenso por nove meses.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s