MMA, UFC, opinião, notícias, artes marciais, vídeos, lutas e fotos

Com recorde de público do UFC no Brasil, Mineirinho é aprovado no teste

Mineirinho lotado no sábado de UFC 147

BH e Minas comprovaram ter vocação para receber eventos esportivos de ponta, tanto nacionais como do exterior. A edição 147 da principal franquia de MMA do mundo, que estreou na capital mineira, foi marcada pelo recorde de público do UFC no Brasil. Mais de 16 mil pessoas lotaram o Mineirinho para acompanhar os combates e fizeram uma grande festa nas cadeiras e arquibancadas.

O público total do UFC 147 foi de 16.643 pessoas, que demonstraram alegria e entusiasmo com a chegada do maior evento de MMA do mundo a BH. Já no card preliminar, com os duelos entre os participantes do The Ultimate Fighter Brasil que não se classificaram às finais, a torcida fazia festa nas arquibancadas, aplaudindo atletas, vaiando outros e curtindo intensamente a bela estrutura montada no ginásio, com telões, som de muita qualidade – as trilhas sonoras foram um diferencial à parte – e um show de luzes em volta do octógono.

A resposta do público foi imediata quando começaram os duelos do card principal. Uma sequência de ‘olas’ na arquibancada espantaram até mesmo os funcionários do UFC que estavam no Mineirinho – o cutman Jacob Stitch parou para conferir o movimento sincronizado da torcida, sem disfarçar a surpresa com a festa na aquibancada. Nem mesmo a derrota de Wanderlei Silva para Rich Franklin, por pontos, na luta principal, desanimou o entusiasmo da galera, que aplaudiu os dois atletas ao fim do duelo.

Na entrevista coletiva depois do evento, o diretor de desenvolvimento internacional do UFC, Marshall Zelasnik, se mostrou satisfeito com o interesse do público mineiro pelo evento. E disse que a ótima receptividade fará com que a franquia retorne a BH em um futuro próximo. “O público de Belo Horizonte foi maravilhoso. Ver essa estrutura nos mostra que podemos fazer vários outros eventos no Brasil. E podem estar certos de que o UFC voltará a BH”, declarou.

A edição 147 foi a quarta do UFC no país, que já recebera a 17,5, em 1998, em São Paulo, a 134, em agosto de 2011 e a 142, em janeiro passado, as duas últimas no Rio de Janeiro, com as lutas ocorrendo na Arena HSBC, na Barra do Tijuca. E com atrativos a mais para o público, como as presenças de Anderson Silva, Maurício Shogun, José Aldo e Vitor Belfort nos cards. Mesmo sem grandes nomes na programação de lutas – Wanderlei Silva era o mais conhecido do público -, o UFC 147 conquistou a torcida mineira, que lotou o Mineirinho. A franquia já confirmou retorno à Cidade Maravilhosa para um evento em outubro próximo, e pretende visitar outras regiões do país, como Nordeste e o Sul – Porto Alegre também está cotada para receber o octógono mais famoso do mundo.

(fonte: superesportes)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s