MMA, UFC, opinião, notícias, artes marciais, vídeos, lutas e fotos

Entrevista com Edson Barboza Junior

Edson Barboza Junior estava escalado para enfrentar Evan Dunham no UFC 146, mas uma lesão forçou a organização a substituir seu oponente. O novo rival é Jamie Varner, ex-campeão do WEC, mas a troca não preocupa o brasileiro. “O cara era campeão do WEC, então ele não está ali à toa. E se ele voltou agora (para o UFC), ele vai vir com tudo. E essa luta vai ser uma guerra e eu estou preparado para ela”, avisa o brasileiro, que analisou a movimentação em torno do cinturão da categoria, com Ben Henderson, Frankie Edgar, Nate Diaz e Anthony Pettis. Confira:

O que muda na sua preparação com a troca de adversários?

Mudou o adversário, mas o meu foco continua o mesmo. Não importa se ele é mais baixo, mais alto, se é bom de Wrestling ou de Boxe. Para mim, o que importa é fazer um bom trabalho. Eu estou focado no meu jogo e na minha estratégia. Eu quero ir e lutar, não importa se é contra X ou Y.

O Varner está retornando ao UFC após duas rápidas vitórias. Acha que a luta perde um pouco da sua força em termos de ranking por enfrentar um cara que não estava rendendo bem no UFC e WEC?

Acho que não, até porque se ele voltou para o UFC isso mostra que ele é casca grossa. Se eles o colocaram de volta é porque ele tem feito grandes lutas. Estamos falando sobre o maior evento do mundo e ali dentro só entram os melhores lutadores. O cara era campeão do WEC, então ele não está ali à toa. E se ele voltou agora, ele vai vir com tudo. E essa luta vai ser uma guerra e eu estou preparado para ela.

A categoria dos leves está muito movimentada. O Nate Diaz já está esperando por uma chance pelo título, e você corre por fora, assim como o Anthony Pettis. Acredita que uma chance pelo título só virá em 2013?

Eu não sei. Espero que sim, mas não estou preocupado com isso agora, não. Estou focado na minha próxima batalha. Tenho que fazer meu trabalho, e quero conquistar meu espaço passo a passo. Eu amo o que eu faço, amo lutar, e quero estar sempre lutando e trabalhando, sempre enfrentando os melhores. Essa categoria é pesada mesmo, só tem top, dá para ver pelas lutas, só tem grandes lutas, mas estamos conquistando o espaço aos poucos. Saber que só tem casca-grossa nessa categoria me deixa ainda mais motivado para trabalhar e treinar mais.

O Pettis é o mais cotado como seu próximo oponente, caso você vença. O que acha dele?

Estou focado na minha próxima luta, então nem penso e nem sei o que falam sobre o próximo oponente. Mas o Pettis é casca-grossíssima da categoria, fez grandes lutas, já venceu o atual campeão. Seria uma ótima luta, uma guerra. Como eu disse, quero lutar e enfrentar os melhores do meu peso, não importa quem.

O que você espera da revanche entre Henderson e Edgar?

Olha, cara, é uma luta dura, como vocês puderam assistir na última. Ali é parelho. Eu não arrisco em ninguém, não, acho que nessa luta o maior vencedor vai ser o público, que vai poder assistir uma luta emocionante.

E depois, com o duelo entre esse vencedor e o Nate Diaz?

Seria uma ótima luta contra com qualquer um dos dois. O Nate Diaz tem provado que é um lutador duro e pode fazer frente com qualquer um dos dois.

(Fonte: tatame.com.br )

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s