MMA, UFC, opinião, notícias, artes marciais, vídeos, lutas e fotos

‘Ninguém que nocauteia o Belfort se aposenta’ diz Wanderlei a respeito de rumores

Perto de completar 36 anos e com um longo currículo de 47 lutas nas costas, Wanderlei Silva enfrenta o clássico dilema: a aposentadoria está perto? Conforme apurou o sportv.com com fontes ligadas ao Ultimate, o “Cachorro Louco” estava considerando pendurar as luvas depois do duelo contra Vitor Belfortno UFC 147, no Brasil, no dia 23 de junho. Em nova entrevista exclusiva, ele não descarta essa possibilidade, uma vez que, segundo o próprio, tudo vai depender da performance que apresentar dentro do octógono. Mas foi o bom humor, como sempre, que sobrou na hora de enviar uma resposta aos rumores.

 

– Como vou te dizer? Estou em uma situação… O povo quer ver show. Achei que iria fazer minha última luta no Japão. Aí entrou o pessoal da Alemanha, da Austrália e de outros lugares pedindo para fazer no país deles. Estou me sentindo muito bem. Tenho que repetir o que falei antes da minha última luta .Só minha performance pode me dizer se posso continuar ou não. Ninguém que nocauteia o Belfort se aposenta (risos) – previu, por telefone.

No ar com o The Ultimate Fighter Brasil – Em busca de campeões todo domingo pela TV Globo, logo após o “Fantástico”, o treinador do time azul do reality show comentou as frequentes provocações e ironias direcionadas a Vitor Belfort, técnico do time verde. De acordo com Wanderlei, o rival dá motivos para ele “pode sacanear”:

– Não precisa de inspiração (risos). Na verdade, o cara vive no mundo dele. Cada um tem um ponto de vista, ele tem o dele, que é muito diferente do meu. E isso abre um leque muito grande para poder sacanear. O cara é uma comédia. Ele pensa assim: “Sou um cara admirado, boa pinta, todo mundo puxando meu saco…”. Aí ele fica desse jeito. O cara é “meu Deus do céu…”.

Se Vitor não costuma responder às provocações, Wanderlei Silva tem provado do próprio veneno de outra maneira. O falastrão Chael Sonnen, desafeto principalmente de Anderson Silva, também costuma perturbar a paz do “Cachorro Louco”, a quem já chamou de “inválido”. Para o popular ex-campeão do Pride, o americano passou do limite:

– Ele extrapolou faz horas. O homem tem que respeitar o outro e tem que se fazer respeitar. Quando ele falta com o respeito com você, abre um precedente muito grande. Ele é muito folgado.

Mas Wanderlei já teve seu momento, e que momento, de ir à forra contra Sonnen. Logo depois da primeira luta entre o falastrão e o Spider, no segundo semestre de 2010, Wand o encontrou e aproveitou a situação para lhe dar uma bela “chamada”, por conta das críticas que ele vinha fazendo ao Brasil e aos lutadores do país. E tudo isso foi estrategicamente filmado.

– A gente estava em uma homenagem no Senado do Texas. Estávamos eu, o Dana White, ele (Sonnen), e outros lutadores. A gente entrou na van, e até lá eu não o tinha encontrado ainda. Aí lembrei que esse cara falava um monte de merda. E ia ficar assim? Aí falei para um cara ligar a câmera, que eu ia dar uma dura nele. E falei aquilo para o cara (Sonnen), que ele falava mal dos caras pelas costas e que tinha que ter respeito. Ele sabe que estava errado, porque falava besteira. Ele ia falar o quê? – relembrou o curitibano.

(Fonte: sportv.globo.com )

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s