MMA, UFC, opinião, notícias, artes marciais, vídeos, lutas e fotos

UFC 145: O que aprendemos de Jon Jones vs. Rashad Evans

A luta do evento principal da noite de ontem no UFC 145, firmou o combate entre o ex-companheiros de treinos Jon “Bones” Jones (16-1) e Rashad “Suga” Evans (17-2) pela disputa do cinturão dos meio-Pesados.

Jones, o campeão invicto, defendeu com sucesso seu cinturão e venceu o rival por decisão Unânime após terem lutado árduos 5 rounds.

O resultado dos juízes foi: 50-45, 49-49 e 49-46

O que lembraremos dessa luta

Apesar de Jon Jones sempre ter se mostrado imbatível, a luta de ontem mostrou que ambos os lutadores estavam lutando usando a distância. Apesar da superioridade na luta por parte de “Bones” em alguns momentos Rashad conseguiu mostrar algumas fraquezas do campeão.

Já vimos Jones mostrar mais de seu potencial em outras lutas, no entanto por se tratar do adversário mais casca grossa que ele já enfrentou até agora, podemos considerar que a luta não foi uma aula de MMA, mas mostrou-se de qualidade e estratégia de ambos os lados.

Como um todo, nos golpes acertados ficou 112-56 para Jones e nos golpes efetivos 52-12.

O que aprendemos de Jon Jones

Jones, mostrou que consegue sim lutar a distância, controlar bem a distância a seu favor e também vencer um round contra um oponente de alto nível de luta.

Falhou em aplicar seus golpes comuns como a cotovelada e o chute giratório, o chute alto frontal e as joelhadas. Mas uma das suas maiores surpresas foi perceber que Rashad tinha estudado muito seu jogo, e por isso o Campeão usou de novas armas totalmente inéditas para Evans o que fez com que conseguisse tirar bom proveito, aplicando boas cotoveladas a curta distância, e ombradas (essas não tão efetivas).

O que aprendemos com Rashad Evans

Provou ao mundo que não tem queixo de vidro. O desafiante tomou sérios golpes tanto acima da linha dos olhos quanto no queixo e conseguiu sobreviver às fatais cotoveladas de Jones, retribuindo sempre com seus famosos socos. Infelizmente não conseguiu aproximar-se o suficiente para aplicar boas combinações ou tentar uma derrubada eficiente, mas alguns socos entrarem em cheio.

O que há por vir para Jon Jones

A próxima lua será contra o ex-campeão dos meio pesados do Strikeforce Dan Henderson, que veio que uma vitória de decisão unânime contra o brasileiro Maurício “shogun” RUa.

O que há por vir para Rashad

Nada certamente confirmado, mas uma revanche contra Machida parece apropriado para o momento considerando a situação dos dois lutadores na divisão. Ambos vem de derrotas contra Jones e precisam voltar a mostrar seu potencial para o UFC e para o Mundo. Uma luta contra Gustaffson também é aparentemente possível.

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s